The House of Gaian

The House of Gaian

by Anne Bishop

In the conclusion of the Tir Alainn Trilogy, the uneasy alliance between Fae and humans may not be enough to defeat the Inquisitors-leaving them no choice but to seek out the witches of the House of Gaian. But can they be trusted?

  • Series: Tir Alainn
  • Language: English
  • Category: Fantasy
  • Rating: 4.10
  • Pages: 420
  • Publish Date: October 7th 2003 by Roc
  • Isbn10: 0451459423
  • Isbn13: 9780451459428

Read the Book "The House of Gaian" Online

There's a bit more sense of urgency with this book than the previous two, and I liked that with this one.

Volume final de uma trilogia onde a magia anda lado a lado com a Natureza, onde a feminilidade é celebrada como um duo de poder e meiguice e onde o terror se pode esconder nas brumas mais escuras, este é o final perfeito para uma história que foi ganhando intensidade até terminar em soberba beleza neste livro. Numa narrativa onde beleza e grotesco, mais uma vez, caminham lado a lado, tornando esta leitura algo de singular, vamos aprender, sorrir e arrepiar com cada batalha épica, com cada gesto de aceitação e encontro, com toque de compaixão e antagonismo, apreendendo em cada frase, as emoções que emergem das personagens em ondas gigantescas que não nos deixarão largar a leitura por nada neste mundo. Entre as antigas e as novas que nos chegam neste livro, temos almas tão selvagens quanto puras, que sofrerão por terem de abandonar o seu lema Nunca fareis o mal para um bem maior, a existência de tudo o que amam e faz delas, bruxas ou Fae, até mesmo humanos, aquilo que são. Acompanhar a forma como as raças interagem entre si, como se começam a conhecer e, finalmente, a compreenderem-se, criando laços entre si tão fortes como as raízes de uma árvore enterradas nas profundezas da terra, é um dos pontos fortes deste livro, marcando o leitor com o entendimento e a percepção de quão diferentes mas tão iguais, todas as estas personagens, que vivem em mundos tão diferentes, com regras tão díspares, são capazes de complementarem de forma perfeita. Enquanto fã desta autora, deixar-me levar pelos seus livros é tão fácil quanto respirar e, em cada um deles, eu encanto-me e perco-me, sinto uma ligação com estas personagens como sinto com poucas.

I wasnt sure what to expect from these books so (although I have them for years) I didnt read them until last week. Besides that, it is an interesting story about different races (human, witches and Fae) who are living in mistrust of each other, but get to face a common enemy. In the end, these books are not at the same exceptional level, I believe the Black Jewels are. And even for people who didnt like the Black Jewels books, this is a series to try out at some point!

Anne Bishop tornou-se, sem dúvida alguma, uma autora de referência para mim e de quem vou querer ler muito mais. Todos os preconceitos e toda a ignorância acumulada até ao momento terão que ser elucidados se querem que o mundo, no mínimo, continue como o conhecem. A Serra da Mãe é altamente temida por humanos e Fae. Sabe-se que daquelas terras brota uma energia notável, palpável, e as bruxas da Serra da Mãe detém mais poderes que as restantes. Foi com muito gosto que concluí esta leitura e sem dúvida que conto ler brevemente mais obras da autora.

Foi com alguma tristeza que dei por terminada a leitura deste livro e o final desta trilogia. Os livros de Anne Bishop têm tendência para nos deixar desta forma, pois desde que se inicia a leitura do livro até que o terminamos, acompanhamos o crescimento das personagens e a forma como as suas acções as vão moldando e tudo isso vai fazendo com que ganhemos uma ligação muito próxima com a história. A partir do momento em que se inicia a guerra, tudo acontece de forma fluída e a leitura começa a ser feita de maneira mais rápida. Claro que mais uma vez Lucian decepcionou-me, principalmente quando se serviu de Aiden para saber a verdade acerca de Ari. Tal como o Bardo senti-me usada, pensei mesmo que o grande Lucífero estava mudado, que o confronto com Selena o tinha mudado para melhor.

É, sem sombra de dúvida, o melhor dos três livros e aquele onde a autora se revela mais aquela Bishop que eu conhecia. Com a caça às bruxas de Sylvalan em marcha e uma aliança entre humanos e fae já consolidada, começam-se a fazer os preparativos para combater os Inquisidores e agora a Casa de Gaian tem bruxas mais que dispostas a quebrar a regra que rege a sua vida e toda a sua conduta se a tal forem obrigadas. Os pontos altos da trama são definitivamente a força dos personagens femininos, à semelhança do que já acontecia nos volumes anteriores, e o dualismo presente em toda a narrativa (luz e sombras, bondade e maldade...) e o facto de sabermos muito, mas muito mais sobre a Casa de Gaian e as bruxas que continuam a habitar o foco primordial de magia deste território.

They are afraid they will be trapped in Tir Alainn forever, if the witches are killed off, and that serves as the primary motivator for them to become involved. Ashk serves as a voice of reason for the Fae, and Breanna's family home serves as a focal point for meetings among the characters. Maybe it would have been helped by focusing on one to three characters with the main pov throughout all the books, rather than constantly switching around, since it made it feel slow. I did think the story was dragged out in the final book.

Anne Bishop jumps around to each character's perspective, telling multiple stories at the same time.

I admit that I hesitated to start this book because I knew that there were going to be some losses and I didn't want to know that anything really bad had happened to any of the characters that I had grown to love. I just want to know more about them!!

She is the author of fourteen novels, including the award-winning Black Jewels Trilogy.